13/07/2012

Áudio de qualidade nas DSLR. Solução barata do tipo faça você mesmo.



As câmeras digitais DSLR, como as Canon 5DMKII, T2i e 7D são fantásticas para produzirem belas imagens. Mas quando passamos para o áudio, esse eterno renegado da indústria audiovisual no Brasil, a coisa pega. Como elas não tem conectores XLR e consequentemente alimentação Phanton Power (+48v)  para microfones condensadores profissionais e nem capacidade de monitoração (saída para fone de ouvido), a gravação de áudio é sempre um problema.


Alguns profissionais estão optando por gravar o áudio em gravadores portáteis para depois mixar na edição. Mais trabalho além do necessário. Uma solução boa, bonita e barata pode ser esse que vou apresentar nesse post. Existe um dispositivo de captura de áudio da empresa americana  ART (Applied Research and Technology) chamado USB Dual Pré, que é barato e não muito difícil de achar em boas lojas de instrumentos musicais ou áudio profissional. Deve estar custando uns R$ 400,00 novo e cerca de R$ 250,00 usado em sites como o Mercado Livre ou o EBay.

Com umas poucas horas de trabalho e um pouco de habilidade, o danado do aparelhinho cai como uma luva para ficar pronto para trabalhar com sua câmera DSLR. Eu peguei o meu, que andava  encostado no armário de equipamentos não muito usados e com uma furadeira e um macho de abrir roscas de ¼” fiz a adaptação para que ele possa ser usado em tripés de vídeo com  base para a câmera fotográfica. 
Um cabo em Y XLR para P2 estéreo finalizou a adaptação, deixando o conjunto pronto para ser ligado a entrada P2 de qualquer modelo da Canon.

A vantagem do danadinho é que ele tem um pré-amplificador de qualidade razoável, com controles de ganho independentes para as duas entradas, monitoração por fone de ouvido com ajuste de volume e mixagem dos canais, alimentação Phanton Power e, de quebra, saída USB para ser ligado simultaneamente, se for o caso, a um laptop capturando ao mesmo tempo o áudio dos microfones, sem compressão, direto para o computador. E o melhor de tudo é que funciona por várias horas usando uma bateria alcalina de 9V.

Existem outros modelos semelhantes de interface de áudio portátil para computadores, como alguns modelos da M-Audio (atual AVID) que fazem o mesmo trabalho. 

O que achei vantajoso nesse modelo da ART foi o tamanho compacto e o formato, que acabou favorecendo a criação de um conjunto robusto e elegante para uma solução caseira. Fica a dica para meus leitores.

Grande abraço a todos!

Marcelo Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação! Asim que eu puder, vou responder! Volte sempre!

Marcelo Ruiz