terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Workstation PROCS6 2013: liberdade para criar...


Dentro dos próximos dias será entregue a primeira PROCS6 2013 aos amigos da produtora Status Color de São Paulo. A novidade do modelo é a opção de montagem em gabinete tipo Full Tower, além da tradicional montagem desktop. Graças ao Carlos Leite, que ao fazer o pedido insistiu no gabinete vertical por questões de acomodação do equipamento. Eu prefiro as montagens horizontais. Mas aceitei o desafio e acabei encontrado um super gabinete, do mesmo fornecedor, que atendeu meus requisitos. O modelo conta com rodízios que facilitam o deslocamento dos seus 20 kg sem esforço.

O equipamento entra agora na fase final de testes, depois de 80 horas de trabalho de montagem, configuração e ajustes finos de hardware e software. Agora ele passará a fase de testes de estabilidade e desempenho na execução dos programas de edição, antes de seguir para entrega, daqui a 10 dias e dentro do prazo. No total são 20 dias de trabalho e cerca de 160 horas de dedicação ao equipamento. Afinal minhas workstations são como carros esportivos de alto desempenho: produção limitada, fabricação artesanal e funcionamento perfeito. 

Por dentro da PROCS6

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Especificações de formatos de vídeo e ordem de campos


Upper field ou lower field? Ou seja: em um vídeo entrelaçado (dois campos de linhas pares e ímpares, formando um unico frame), ao contrario do vídeo progressivo, que não possui campos em cada frame, qual ordem seguir? A troca dos campos em um vídeo na hora da exportação ou decodificação vai causar perda de qualidade de imagem e efeitos como flickering (tremido) ou alias (serrilhado). Então veja na tabela abaixo a ordem certa de campos de cada tipo de vídeo entrelaçado:
Resumindo genericamente:
  • Todos os formatos normais de vídeo HD são Upper Field First
  • Nem todos os formatos SD são Lower Field First
  • Os vídeos DV são todos lower Field First
Format0Ordem de
campo
Tamanho
do frame
Relação
aspecto
Pixel Aspect RatioTaxa de frames
PAL D1 / DVDUpper field first720 x 5764:31.06725 fps
NTSC D1 / DVDLower field first720 x 4864:30.929.97 fps
PAL DV / DVCAMLower field first720 x 5764:31.06725 fps
NTSC DV / DVCAMLower field first720 x 4804:30.929.97 fps
DVCProHD 720/50iUpper field first960 x 72016:91.3325 fps
DVCProHD 720/60iUpper field first960 x 72016:91.3329.97 fps
HD 720/50iUpper field first1280 x 72016:9125 fps
HD 720/60iUpper field first1280 x 72016:9129.97 fps
DVCProHD 1080/50i
HDV 1080/50i 
Upper field first1440 x 108016:91.3325 fps
DVCProHD 1080/60i
HDV 1080/60i (m2t, m2v)
Upper field first1440 x 108016:91.3329.97 fps
HD 1080/50i
(h.264, AVCHD, mp4, etc)
Upper field first1920 x 108016:9125 fps
HD 1080/60i
(h.264, AVCHD, mp4, etc)
Upper field first1920 x 108016:9129.97 fps
DV100/50iUpper field first1920 x 108016:9125 fps
DV100/60iUpper field first1920 x 108016:9129.97 fps
PAL DV (Avid DV25 & DV50 Codec)Upper field first720 x 5764:31.06725 fps

Grande abraço a todos!

Marcelo Ruiz

sábado, 26 de janeiro de 2013

Porque hoje é sabado! (1)


Meus leitores que trabalham com eventos sociais: Não se ofendam! Não estou sacaneando ninguém. Tenho o maior respeito e carinho por vocês! Tanto que a maioria dos assuntos do blog são direcionados para os pequenos produtores.  E estou sempre pronto a ajuda-los. Quero só chamar a atenção para toda a nossa classe (grandes ou pequenos), que filmam a preços de banana. Estamos em um ciclo vicioso. Não temos estrutura, apoio de leis específicas, trabalhamos com equipamentos ruins por conta da política de restrições a importação e cobramos valores aquém do necessário e justo para sobreviver. E assim perpetuamos nossa miséria financeira e intelectual. O sonho de todos os que pegam uma câmera talvez não seja ganhar um Oscar, mas com certeza é fazer obras cinematográficas de qualidade. Ser reconhecido pela excelência do trabalho. Mas isso está ficando cada vez mais distante e nosso mercado está, cada vez mais, virando um clubinho fechado para poucos que são privilegiados pela corrupção ou troca de favores.

Grande abraço a todos!

Marcelo Ruiz


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Mais uma PROCS6 na bancada de testes...


Iniciando os testes de desempenho e configuração de mais uma Workstation PROCS6 para entrega ao cliente. É minha "mesa de edição"... uma variação da ilha de edição nada portátil e prática (risos). Mas o melhor jeito de se configurar um computador sem arranhar as mãos nas bordas do gabinete e sem espaço para trabalhar.

Marcelo Ruiz

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Configurando o Encore para maior qualidade na criação de DVD.


Exportar com qualidade de HD para DVD é a dúvida que, de longe, eu mais respondo aqui no blog. Em primeiro lugar a gente está achando o DVD muito ruim porque nossos olhos já se habituaram ao HD. O DVD sempre foi ruim. Nada mudou a não ser o nosso olhar mais acostumado com o HD. Mas, costume ou não, o problema existe. Então vamos tentar contornar.

O bom DVD e o bom BluRay que tem imagem perfeita e excelente qualidade, começa na captura do vídeo. Se você está usando uma câmera de vídeo que tenha 30P use essa configuração. Se tiver 60P pode usar se houverem cenas com muito movimento no seu vídeo, tipo pessoas correndo ou carros em alta velocidade. Você pode até usar as duas taxas de frame no mesmo vídeo. Em cenas mais paradas como entrevistas e palestras o  30P é melhor. Também devemos usar sempre a melhor qualidade que a câmera possui. Nada de tentar economizar espaço em disco ou cartão usando configurações mais baixas. A qualidade de um vídeo em HD 1920 x 1080 @ 17 Mb/s é bem inferior a mesma configuração só que gravada @ 24 Mb/s. É a tal opção FH ou FX nas Sony E Panasonic. Use sempre a qualidade máxima na hora da captura.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Merlin Vídeo estréia novo portal na web.


A Merlin Vídeo, revenda autorizada Sony e representante de outras conceituadas marcas de equipamentos para televisão e vídeo, está com novo site. Agora ficou mais fácil a navegação e consulta de especificações e preços de alguns equipamentos. O blog Olhartecnológico navegou pelo site e gostou do que viu, Segundo palavras da Merlin Vídeo o site ficou “moderno e com design inovador contando com uma das plataformas mais seguras da web e além disso o portal funciona como uma loja virtual, com informações, fotos e vídeos atualizados diariamente”. Parabéns ao pessoal da Merlin Vídeo.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Sustentabilidade: Já pensou como ela afeta nossa área?



Imagine se você comprasse uma câmera Sony top de linha e ao final de um prazo, o fabricante ligasse para você oferecendo a troca pelo modelo recém lançado, onde você enviaria sua câmera usada, que seria comprada por, digamos, 85% do valor que você pagou na loja? E a nova seria enviada diretamente ao seu endereço por um custo inferior ao valor desse mesmo equipamento se adquirido nos revendedores? Sonho? Por enquanto sim. Mas saiba que muitas empresas estão começando a apostar nesse modelo de negócio. E isso é nada mais, nada menos, que o conceito ecológico da sustentabilidade aplicada ao mundo empresarial.

Em nossa área, a americana RED, fabricante das câmeras REDONE e SCARLET, já adotou essa prática como modelo de relacionamento com seus clientes.  A primeira câmera deles, a REDONE, casou uma revolução no mundo do cinema não apenas por ser a primeira câmera digital a substituir com perfeição as velhas filmadoras de película 35mm. O conceito, lançado com ela, ia além do modelo de negócios onde o fabricante está interessado apenas em lançar novos produtos, levando aos clientes fiéis a marca,  terem que trocar de equipamento com frequência. Algo muito comum em nosso ramo nos dias de hoje.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Os Dez mandamentos da Canon 5DMKII ou MKIII...




Vamos aos 10 mandamentos que servem não apenas para as Canon 5D mas para todas as boas DSLR:

1) Não as usarás para reportagens ao estilo ENG (repórter e cinegrafista na rua fazendo matérias), pois não foram feitas para isso;

2) Esquecerás as lentes zoom, mesmo as lentes da Canon mais caras com zoom e usarás lentes profissionais de cinema ou fotografia, todas de foco fixo;

3) Manterás um kit básico de 5 lentes em tua maleta: 20mm, 28 mm, 35 mm, 50 mm e 85 mm. Acima de 100 mm é melhor locá-las quando precisares;

4) Usarás sempre um tripé, para-sol com porta-filtros ( os ND são fundamentais) e follow-focus, além é claro, de um monitor de 7” para foco e conferencia de imagem e um bom adaptador para áudio com entradas  XLR balanceadas e Phanton Power;

5) Para prender isso tudo no lugar terás um sistema de rod versátil;

6) Nunca a usarás no modo automático, usando sempre o modo M, com focagem manual, abertura manual e velocidade de diafragma também no manual;

7) Tentarás manter o ISO a todo custo em 250, a velocidade de diafragma no máximo em f=1/60 e controlaras a profundidade de campo com filtros e abertura da lente;

8) Usarás sempre um fotômetro e uma trena para as marcações de foco e luminosidade;

9) Dedicarás pelo menos 1 hora de antecedência para montar tua cena, marcar a luz e a posição dos talentos em frente as tuas lentes;

10) Não deixarás teu câmera trabalhar sozinho, mantendo sempre um assistente de câmera para cuidar do foco e das lentes.

Seguindo essas regras você terá condições de fazer excelentes trabalhos na área de comerciais de televisão de maior custo e complexidade, documentários para televisão ou cinema e curtas e longas metragens de baixo orçamento, porém de excelente qualidade técnica e criatividade.

Mas saiba que não será com R$ 10 mil que você vai montar esse kit. Para comprar um corpo e uma lente Canon medíocre com zoom, até dá. Mas para um setup profissional como o descrito acima, prepare uns R$ 50 mil reais ou mais.

Grande abraço a todos!

Marcelo Ruiz