sexta-feira, 14 de março de 2014

Premiere Pro CC: quatro vezes mais rápido com duas placas gráficas.



Finalmente depois de quase um ano sem postar vídeos, consegui filmar um rápido e simples teste comparando o Adobe Premiere CS6 com a nova versão CC (Cloud Computing). A grande novidade da versão atual é a possibilidade de trabalhar com mais de uma GPU (placa gráfica). Até a versão CS6 o programa só reconhecia e utilizava uma GPU para acelerar a visualização em tempo real e partes do render para exportação. O novo Premiere CC agora utiliza todos os recursos de todas as GPU's compatíveis que estiverem instaladas na estação de trabalho para acelerar o render de exportação. Agora o processo é feito na maior parte do tempo pela GPU e mais efeitos tem aceleração de render pela placa gráfica. Outra novidade é que o Adobe Media Encoder também se beneficia da aceleração do Mercury Playback Engine para a exportação de vídeo. Fiquei impressionado com a velocidade da nova versão em relação à antiga. em um primeiro teste simplificado, exportando um minuto de vídeo AVCH de uma câmera Canon 5DMKIII sem efeitos, o Premiere CC levou apenas onze segundos! Já o Premiere CS6 precisou de quarenta e sete segundos. Ou seja: a nova versão foi quase cinco vezes mais rápida! 

Para o teste, foi utilizada a nova workstation Thunderbird Pro com duas placas gráficas: Uma GTX 680 com 3 GB de RAM DDR5 e uma Quadro K4000 com a mesma capacidade de memória. No total, são mais de três mil núcleos CUDA de processamento que fazem um belo trabalho. Rodei o mesmo projeto que vemos no vídeo em meu notebook Samsung com processador i7 de terceira geração, 16 GB de RAM e dois discos SSD de 250 GB usando o CS6 e a placa gráfica HD4000 embutida no processador e o tempo de render foi de dois minutos e dez segundos. Por analogia, se o vídeo de teste tivesse 60 minutos de duração, teríamos os seguintes tempos de exportação do formato H.264 HD 1920 x 1080 30P para o formato MXF op1a IMX 50 Mbps 60i:
  • Notebook Samsung Series 5 Intel i7 = 121 minutos
  • Thunderbird III PRO com Premiere CS6 = 47 minutos
  • Tunderbird III PRO com Premiere CC e 2 GPU = 11 minutos
Ou seja, apesar da polêmica forma de comercialização, via pagamento de assinatura mensal, sem a compra definitiva, o Premiere Pro CC vale cada centavo da mensalidade paga. Poder exportar um vídeo (simples) de com duas horas de duração em HD para SD em 22 minutos é uma grande economia de tempo, de máquina, de luz e demais recursos da produtora. Espero que tenham gostado e em breve outros testes virão. Visitem a pagina das Workstations Thunderbird III aqui no blog para conferir mais detalhes das novas configurações.

Grande abraço!

Marcelo Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação! Asim que eu puder, vou responder! Volte sempre!

Marcelo Ruiz

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.