22/08/2012

Fique por dentro da tecnologia Thunderbolt.


Fique por dentro da nova tecnologia Intel Thunderbolt, criada em parceria com a Apple e que a partir de 2012 deixou de ser exclusiva da marca da maça e ja começa a aparecer em diversos notebooks PC, placas-mãe e principalmente em acessórios como drivers de HD externos, placas de captura e deve se tornar, com os anos, tão popular como as portas USB.

O que é?


A porta Thunderbolt atualmente é o meio mais rápido de transferir dados entre um computador e um equipamento periférico como um driver externo de armazenamento ou mesmo um monitor de vídeo. Funcionando a uma velocidade de 10 Gbps (1,3 GB/s) em cada direção ao mesmo tempo usando um cabo simples de cobre, ainda tem a propriedade de funcionar em cadeia (daisy chain) podendo transportar inclusive áudio e vídeo a um monitor externo equipado com uma porta igual ou mesmo com uma porta do tipo Apple DisplayPort.



Trata-se de uma porta serial de dados, que são multiplexados pelo chip Thunderbolt existente no computador e nos periféricos projetados com a tecnologia. Esses dados viajam por cabos normais de cobre, com comprimento máximo permitido de 3 metros, embora inicialmente a tecnologia tenha sido pensada para funcionar em cabos de fibra ótica. Os dados enviados por um dispositivos são desmultiplexados na outra extremidade, pelo chip receptor. No computador, a porta está ligada ao barramento PCI-E do chipset e do processador. Na parte física a porta Thunderbolt é igual e compatível com a velha conexão DisplayPort existente nos computadores da Apple.

Isso faz com que dispositivos, como os monitores Apple Display possam ser conectados diretamente a porta com os cabos existentes, embora, nesse caso, não tenham as outras características da porta Thunderbolt, como interligação a outros dispositivos. Os novos produtos com a tecnologia geralmente vem equipados com 2 portas Thunderbolt, permitindo que se conecte, por exemplo, um drive externo de HD ao computador e um monitor externo diretamente ligado a outra porta Thunderbolt existente no driver externo. Essa cadeia permite a conexão de até 7 dispositivos, sendo que dois deles podem ser monitores de vídeo usando DisplayPort.
Também os adaptadores DisplayPort para DVI, dual-link DVI, HDMI e VGA podem ser conectados a portas Thunderbolt sem perderem suas funcionalidades.
Embora o aspecto físico da conexão seja o mesmo, além da compatibilidade, não se deve confundir as portas DisplayPort de notebooks e computadores Apple anteriores a 2012 com a nova porta. Nesses modelos a DisplayPort funciona apenas como saída de vídeo. Inicialmente a conexão Thunderbolt foi desenvolvida sob a denominação LigthPeak, termo que depois da parceria Intel/Apple foi mudado definitivamente para o nome atual. A Apple repassou à Intel os direitos intelectuais da tecnologia.




Velocidades de transferência:


Trabalhando a uma velocidade de 10 Gbps, os produtos usando essa tecnologia podem, por exemplo transferir todo o conteúdo de um filme em HD existente em HD externo em menos de 30 segundos. Copiar o equivalente a uma gravação contínua de musica em MP3 com duração de um ano em apenas 10 minutos. Para efeito de comparação veja na tabela abaixo as velocidades máximas de cada tecnologia de portas, comparadas com a Thunderbolt:

Tipo de conexão
Taxa (bit/s)
Taxa (byte/s)
USB full speed (USB 1.0) (Somente dados)
12 Mbit/s
1.5 MB/s
FireWire 400 (IEEE 1394b) (Dados e video)
393Mbit/s
49 MB/s
USB Hi-Speed (USB 2.0) (Somente dados)
480 Mbit/s
60 MB/s
FireWire 800 (IEEE 1394b) (Dados e video)
786 Mbit/s
98 MB/s
eSATA (SATA 300) (Somente dados)
2,4 Gbit/s
300 MB/s
Serial ATA 2 (SATA-300) (Somente dados)
3 Gbit/s
375 MB/s
USB Super speed (USB 3.0) (Somente dados)
5 Gbit/s
625 MB/s
Serial ATA 3 (SATA-600) (Somente dados)
6 Gbit/s
600 MB/s
Thunderbolt (Dados e vídeo)
10 Gbit/s × 2
1.25 GB/s × 2


Portanto, de todas as conexões externas, mais comumente enconradas nos PC's e notebooks, a porta Thunderbolt oferece quase o dobro da taxa de transferência da conexão mais rápida atual para, por exemplo se conectar um disco rígido, que é a porta Sata III. 

Dispositivos que atulamente usam a porta Thunderbolt:

Entre computadores PC ou MAC, placas-mãe, drivers externos de HD simples ou múltiplos e placas de captura de vídeo, passando ainda por filmadoras profissionais, já há uma modesta oferta de produtos. Veja abaixo alguns exemplos com os respectivos links para as páginas dos fabricantes:

Notebooks
Acer Aspire S5                            

Unidades de Armazenamento Externo:

Adaptadores externos:
Apple gigabit Ethernet adapter                       

Monitores de vídeo:

Placas-mãe:


Palcas de captura:
Blackmagic Intensity for Thunderbolt                       

Câmeras de vídeo:

Muitos outros acessórios serão lançados com essa nova tcnologia. Pela praticidade e velocidade de transferência de dados, provavelmente a conexão Thunderbolt subistituirá em breve conexões mais antigas como USB 2.0, FireWire e e-Sata. O que impede isso no meomento é o preço do chipset e o licenciamento cobrados pela Intel. 

Grande abraço a todos!

Marcelo Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação! Asim que eu puder, vou responder! Volte sempre!

Marcelo Ruiz