quinta-feira, 25 de abril de 2013

Rokinon 85mm f1.4 Aespherical: Uma ilustre desconhecida que surpreende...




A maioria dos amantes de fotografia e mesmo profissionais menos experientes, nunca deve ter ouvido falar da marca “Rokinon”. Trata-se de uma das marcas cuja a companhia sul-coreana Samyang, mais conhecida por fabricar automóveis e navios, comercializa sua linha de lentes para o mercado de baixo custo. As lentes fabricadas por ela também vem com nomes como Vivitar e Opteka, mais conhecidos no mercado de acessórios para fotografia. Mas não se deixe enganar por nomes. O que chama a atenção nas lentes Rokinon e em especial nessa 85mm de grande abertura (f1.4) é o preço. Uma lente com a mesma abertura e qualidades óticas, como as oferecidas por esse modelo, de marcas como Canon, Nikon ou Zeiss, custam três ou quatro vezes mais caro.


Ao primeiro contato, percebemos de cara duas coisas: o peso, que denota a construção em metal com algumas partes em plástico de excelente qualidade – e que fazem muitas lentes de grife morrerem de vergonha – e a falta de controles automáticos de foco e abertura. Olhando na parte de trás da lente, já se nota a falta dos contatos elétricos comuns as lentes atuais. A montura é EF Canon e por ser uma lente totalmente mecânica, não são necessários anéis adaptadores. A lente se encaixa com perfeição ao corpo de qualquer Canon com montura EF.

Com isso, o controle de foco e íris tem que ser feito a moda antiga. Controlando o foco pelo visor ou, melhor ainda, pelo Live View com zoom, pois a curtíssima profundidade de campo dessa lente pode tornar o foco pela ocular um tanto difícil de obter nos primeiros contatos. Mas graças ao mecanismo de foco suave e preciso, como pouco tempo de treino, a mão e o olho se acostumam fácil. Eu sou  meio suspeito para falar, pois sou um amante inveterado das lentes manuais.



Quanto a abertura manual, o problema já é mais facilmente contornado, se é que isso pode se chamar de problema, já que faz parte da arte de fotografar. Mas de qualquer forma, colocando a câmera no modo manual e  seguindo a orientação do fotômetro, rapidamente se acha a velocidade de disparo adequada à abertura escolhida ou vice-versa. Além de um anel de foco suave e preciso, a lente conta ainda com um mecanismo interno de foco que mantem o comprimento do corpo sempre o mesmo e o elemento frontal não gira durante a focagem.


Profundidade de campo reduzida 

Para os amantes da fotografia ou vídeo de profundidade de campo reduzida, essa lente não decepciona, mesmo porque poderíamos dizer que essa é a maior vocação dela. As lentes de 80 mm são excelentes para retratos e essa Rokinon não foge a regra. Ao ar livre pode-se optar por aberturas menores, ganhando mais profundidade de campo em retratos de busto ou rosto em close moderado, mesmo porque a distância focal mínima de 95 cm impede os closeups extremos. Em situações onde se queira uma definição quase milimétrica da área em foco, basta se usar a generosa abertura de 1.4 e mesmo em uma ampliação posterior na edição da imagem, não haverá perda de definição. Observando a imagem abaixo podemos ver a profundidade de campo seletiva dessa lente.




Conclusão:

A lente Rokinon 85mm f1.4 Aspherical  tem uma nitidez muito boa, surpreendente mesmo para uma lente com seu preço. Em aberturas acima de f4 é perfeita e se iguala a lente mais clara da Canon, a EF 85mm 1.2, que custa 3 vezes mais. Se você precisa de uma lente bastante clara para trabalhar com fotografia e principalmente vídeo e com um precisão muito grande de profundidade de campo, essa lente é uma grata surpresa.  O vignetting é suave e as distorções laterais não existem. As oito lâminas do diafragma oferecem um bokeh bem definido, embora em algumas situações possa incomodar. A qualidade da construção mecânica é surpreendente e o peso ao primeiro contato já mostra que foram usados materiais superiores a muitas lentes de marcas de grife e preço bem mais caro. Um ponto que pode representar um incomodo para algumas pessoas é o fato dessa lente ser totalmente mecânica. Sem controle de foco ou abertura. Tudo tem que ser feito como nos velhos tempos, mas justamente aí que está a graça para muitos. Se você faz questão de foco e abertura automáticos e  estabilização de imagem, então a Canon 85mm f1.8 USM III EF é mais indicada.

Especificações Técnicas
Optical construction9 elementos em 7 grupos inc. 1x elemento aesférico
Número de lâminas da íris8 (não-circular)
Distância focal mínima1m (fator de magnificação máximo ~1:9.5)
Dimensões78x72mm
Peso513g
Diâmetro do filtro72mm (non-rotating)
Parasolfornecido - barrel-shaped, tipo baioneta
Preço US$/R$400,00 / 1800,00

Grande abraço!

Marcelo Ruiz