sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A produção de fotografia: fazendo a diferença no seu trabalho...



Eu sempre procuro produzir as minhas próprias imagens, sejam fotos ou vídeos, aqui para o blog Olhar Tecnológico, embora nem sempre seja possível. Muitas vezes preciso mostrar equipamentos que não tenho à disposição. Na medida do possível procuro deixar no código fonte ou em nota no rodapé da imagem ou no próprio texto, a citação da fonte. Hoje eu necessitava fotografar uma jogo de memórias Corsair Vengeance DDR3 8GB para postar na seção de venda de componentes.

Como eu tinha duas caixas disponíveis (geralmente eu as tenho na forma OEM), que são vendidas em quantidade e sem caixa), resolvi fotografar. Mas como a correria é grande, não pude demorar muito na produção. As coisas tem que andar rápido por aqui. Então tentei montar uma disposição interessante e mandei bala com minha Panasonic Lumix GF3 com uma lente 14mm – f=2,5, que é pau para toda obra. Joguei uma luz básica e fiz duas fotos. O resultado, sem retoques ou correção de cor foi esse mostrado abaixo.


Normalmente por conta do tempo sempre apertado, eu apenas faria um crop, faria uma correção básica de contraste e sombras e publicaria. Mas aí veio a idéia de escrever alguma coisa sobre o processo de produção de imagens. Vejo muitos vídeos na web que, apesar do uso de boa técnica de filmagem, acabam pecando quando é necessário exibir fotos ou gráficos. Parece que o mesmo cuidado que foi tomado na captação do vídeo é meio esquecido pelo editor na hora de acrescentar os elementos da pós-produção.

Aí a imagem dá aquele salto de qualidade e acaba chamando nossa atenção para o defeito e não para o produto ou para a idéia que a cena queria mostrar. Muitas vezes na correria para entregar o trabalho, a pós produção é deixada em segundo plano. Áudio com muito ruído de fundo, hummer ou com variações absurdas de ganho, imagens estáticas sem qualidade, cartelas ou letterings destoando do padrão estético do restante. Aí todo o esforço com aparte mais difícil e cara do vídeo, que é a captação, fica comprometido.

Edição de áudio, correção primária e secundária de cor, CG e outros elementos são tão ou mais importantes que o vídeo em si. Não descuide nunca disso em seu trabalho. Reserve sempre o tempo necessário para cuidar com carinho dessas etapas. No caso de nossa foto, eu gastei 5 minutos para clicar e mais de uma hora para fazer uma correção, que no meu critério, ficou 70%. Para ter chegado aos 100%, eu teria que ter gasto mais tempo para fotografar (a famosa pré-produção) e talvez tivesse gastado até menos tempo na pós. E com certeza o resultado seria bem melhor.

Mas comparando as duas imagens, com certeza a pós-produzida, que está no início desse post, apesar de não estar cem por cento, vai causar uma melhor impressão no meu anúncio. E enquanto isso eu vou sonhando com o dia que eu possa ter uma equipe para me ajudar com isso aqui.

Grande abraço a todos!

Marcelo Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação! Asim que eu puder, vou responder! Volte sempre!

Marcelo Ruiz

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.